Regras

Cada aluno deve escolher uma palavra relacionada às aulas de Biologia Celular que ainda não tenha sido acrescentada ao glossário e dar sua definição.

- O aluno deve colocar a palavra com sua definição e seu nome completo. Definições sem nomes não serão consideradas para avaliação.

- As palavras não podem ser repetidas. Se houver palavras repetidas, será considerada apenas a do aluno que explicou primeiro segundo a hora e data de postagem do blog.

- As definições devem ser feitas com suas palavras. Definições copiadas diretamente de sites da internet não serão avaliadas.

- O prazo final para postagem é dia 27 de Maio. Postagens realizadas após esta data não serão avaliadas.

sábado, 7 de maio de 2011

Glossário de Biologia Celular

84 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Patrícia Caravana - 1º período (fisioterapia)

    Célula – tronco
    Pode se diferenciar das outras pelo fato de ter a capacidade de constituir diferentes tecidos no organismo, além de gerar cópias idênticas de si mesma.
    Por esse motivo as células-tronco podem funcionar como células substitutas em doenças neuromusculares.
    Tipos de células-tronco; Totipotentes, Pluripotentes, Multipotentes, Oligopotentes e Unipotentes

    Profª Adriana, gostaria de saber se o trabalho é assim que deve ser feito.
    pat_santanna_mada@hotmail.com

    ResponderExcluir
  3. Osmose: É o processo de movimentação do solvente, do meio hipotônico( menos concentrado) para o meio hipertônico( mais concentrado), através de uma membrana semi-permeável, até que os dois meios fiquem isotônico( concentrações iguais).Pois a membrana “barra” o soluto, mas não “barra” o solvente, quando ocorre a passagem do solvente para o soluto.

    ResponderExcluir
  4. RIBOSSOMOS são estruturas encontradas tanto em células procarióticas como eucarióticas. Participam do processo de síntese protéica. São formados por duas partes arredondadas, com tamanhos diferentes, que se dispõem uma sobre a outra, dando-lhes aspectos de oito.
    Essas estruturas são constituídas por proteínas e um tipo de ácido ribonucléico.

    Jonas Rodrigues Mocho
    Curso de Fisioterapia - Turno Noite

    ResponderExcluir
  5. CENTRÍOLOS - Também chamados de centros celulares. É encontrado no citoplasma das células eucarióticas. Formado por dois cilindros perpendiculares um ao outro (diplossomos). Cada um desses cilindros é formado por nove trincas de microtúbulos.

    Tem a função de orientação no processo de divisão celular, ajudando na separação das células esticando-se na hora da divisão, os cromossomos se organizam em volta dos feixes curtos de microtúbulos. Ao final do processo, os cromossomos e centríolos já tomaram seus respectivos lugares.

    Thaiane Queiroz Falcão
    Curso de Fisioterapia - (Noite)

    ResponderExcluir
  6. PRÓFASE-Primeira fase da divisão celular,em que os cromossomos começam a se tornar mais denso e a menbrana nuclear começa a se desfazer.

    Rayane Almeida

    Curso de Físioterapia- (Noite)

    ResponderExcluir
  7. CÓDON-Trio de base nitrogenadas do RNA-m

    RAYANE Almeida

    Curso de Físioterapia-(Noite)

    ResponderExcluir
  8. dna_ É uma molécula formada por duas cadeias na forma de uma dupla hélice. Essas cadeias são constituídas por um açúcar (desoxirribose), um grupo fosfato e uma base nitrogenada (T timina, A adenina, C citosina ou G guanina). A dupla hélice é um fator essencial na replicação do DNA durante a divisão celular cada hélice serve de molde para outra nova

    Academico: Marcos Bruno (fisioterapia)

    ResponderExcluir
  9. CROSSING-OVER

    é o nome que dar ao momento que é responsável pela variabilidade genética.

    Acadêmica: KARLA CRISTINA FERNANDES (FISIOTERAPIA)

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. MICELAS- Forma de organização dos lipídios da bicamada da membrana, em meio aquoso.
    Sendo uma camada anfipática, a parte apolar -a cauda- é centralizada no interior, e a parte polar - cabeça- é direcionada para a superfície. Assim, forma-se um círculo com as cabeças hidrofílicas para o meio externo e as caudas hidrofóbicas para o meio interno.

    Edilene Sousa Pontes.
    Biologia- Turma de Citologia (noite).

    ResponderExcluir
  13. Lucas Frões Jacob ( BIologia - 1º período )

    ENDOCITOSE
    é uma sequência , na qual uma célula viva absorve algum outro material pela mebrana celular. Da qual são variadas duas formas: Pinocitose e Fagocitose.

    qualquer erro , informar por favor : lucas_cdc2@hotmail.com

    ResponderExcluir
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  15. Silvia Pereira de Jesus
    (Biologia-1ºperíodo-Noite)

    Mitocôndrias: São as organelas responsáveis pela obtenção de energia para a célula.

    ResponderExcluir
  16. MOLÉCULAS ANFIPÁTICAS: moléculas que possuem em sua característica uma região hidrfílica(cabeça polar,solúvel em água) e outra hidrofóbica (cauda apolar,insolúvel em água).
    Virgília Maria Rodrigues de Paiva Fisioterapia

    ResponderExcluir
  17. PEROXISSIMOS: são organelas caracterizadas pela presença de enzimas oxidativas que transferem átomos do hidrigênio de diversos substratos para o oxigênio.

    Camila Scalzer, Biologia 1º período Noite

    ResponderExcluir
  18. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  19. Rafaella Lima Ribeiro Ferreira (1periodo fisioterapia)

    Proteassomas: é o que degrada as proteinas mal enoveladas, que as chaperonas não conseguiram corrigir.

    ResponderExcluir
  20. Nucleótidos - Compostos ricos em energia que auxiliam os processos metabólicos como as biossínteses na maior parte das células, dentre outras funções.

    Thiago Velêz (1º período de fisioterapia)

    ResponderExcluir
  21. Endossomas - Realizam o transporte de partículas e macromoléculas que são captadas pela células da membrana até o lisossoma por processos conhecidos como endocitose.

    Elienai F. Silva (1° período de Biologia)

    ResponderExcluir
  22. Lisossomo - são as organelas celulares responsáveis para fazer a digestão de partículas provenientes do meio externo, e a renovação de estruturas celulares.

    Lívia Nepomuceno Augusto
    Fisioterapia (Noite)

    ResponderExcluir
  23. Espectrofometria:
    É um método de análise óptico usado para comparar radiação absorvida ou transmitida por uma solução que tenha uma certa quantidade de soluto e uma quantidade da própria substância.

    Ludmila Gonçalves da Silva
    Curso: Biologia

    Não sei exatamente se a palavra irá servir professora caso não sirva por favor avisar!

    ResponderExcluir
  24. Retículo Nuclear: É uma rede de filamentos delgados formados por uma substância chamada cromatina,esta é uma proteína composta de inúmeros aminoácidos ligados a um radical de ácido nucléico representado por uma molécula de DNA.

    ResponderExcluir
  25. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  26. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  27. Assimetria da bicamada lipídica:Flipases

    Esse processo vai garantir que os fosfolipideos fiquem na posição.

    Ele vai ver se os fosfolipideos for positivo ele vai vira o folheto para o lado externo e se o fosfolipideos for negativo vai virar o folheto para o lado interno e com isso vai garantir a assimetria da membrana.

    tatiane a furtado
    biologia 1º periodo

    ResponderExcluir
  28. Sinalização Parácrina-

    nesta sinalização o ligante(sinal)tem vida
    curta, devido a proximidade das células :A que
    emite o sinal e a célula alvo(receptora).

    Jéssica Candido
    1° Período(noite)-fisioterapia

    ResponderExcluir
  29. Citoplasma: A porção do conteúdo celular que está fora do núcleo mas envolto pela membrana plasmática; incluindo a organelas como mitocôndrias.

    Regina Celli Ferreira Oliveira
    1º Período (noite) - fisioterapia

    ResponderExcluir
  30. Complexo de Golgi: Responsável por transportar aos lisossomos partículas produzidas pelo retículo endolplasmático. Auxilia na formação da cabeça do espermatozóide.

    Docente: Suelen M. Ribeiro - Fisioterapia (noite)

    ResponderExcluir
  31. Mitocôndria: estão presentes em todas as células eucarióticas;realiza o processo de respiração celular através do ciclo de krebs e da cadeia respiratória; e produção de ATP. Sua estrutura é composta de duas camadas de membranas (uma interna e outra externa).
    LUIZ ALBERTO LIMA DE CARVALHO
    1ºPERÍODO (NOITE) - FISIOTERAPIA

    ResponderExcluir
  32. ATP: TRIFOSFATO DE ADENOSINA, ADENOSINA TRIFOSFATO OU SIMPLESMENTE ATP, É UM NUCLEOTÍDIO RESPONSÁVEL PELO ARMAZENAMENTO DE ENERGIA EM SUAS LIGAÇÕES QUÍMICAS.SÃO MOLÉCULAS DE ENERGIA.
    QUANDO PERDEM 1 MOLÉCULA ELES VIRAM ADP(ADENOSINA DIFOSFATO)

    NÃO SEI SE ESTA PALAVRA ESTÁ VALENDO COMO UMA PALAVRA NA ÁREA DA CITOLOGIA.


    ACADÊMICA RITA CAROLINA A.A DA SILVA.
    1°PERÍODO(NOITE)- FISIOTERAPIA.

    ResponderExcluir
  33. flagelos:apêndices das celulas vivas em forma de filamentos,formado de proteinas qque server para a locomoção.

    Acadêmica: Maria Aparecida de Souza Rocha(fisio)

    ResponderExcluir
  34. FILOPÓPIOS:
    Celulas com movimentos lentos.(projeção da membrana em forma de dedos)

    Acadêmica: Andréa da Consolação S. Amorim
    fisioterapia(noite)

    ResponderExcluir
  35. Cairo Martins Tenório
    Biologia 1º Período

    Membrana Plasmática: É uma pequena película que envolve a célula e controla todas as substâncias que saem e entram .

    ResponderExcluir
  36. Cílios e Flagelos:São flexíveis prolongamentos da membrana celular, que variam de comprimento, sendo responsáveis pelo movimento de células como o espermatozóide e organismos unicelulares como o Paramecium.

    Luiz Felipe Barcelos Belini
    Primeiro periodo Biologia

    ResponderExcluir
  37. célula: é uma unidade estrutural e funcional básica dos organismos vivos
    Elas variam de acordo com as espécies e geralemnte elas oscilam entre 20mm e 0,1mm.

    Acadêmica: Eloisa Miguel Lugatte.
    1º período fisioterapia(noite)

    ResponderExcluir
  38. Mary Lima (1º período de fisioterapia)

    Simbiose: É uma relação entre dois ou mais seres vivos de espécies diferentes que se unem em benefício mútuo, ou seja, um contribui para a sobrevivência do outro de algum modo. Dão origem assim a um único organismo.

    ResponderExcluir
  39. NUCLEOTÍDEOS

    Compostos ricos em energia e que auxiliam os processos metabólicos como as biossínteses na maior parte das células, dentre outras funções.

    Thiago Velêz
    Fisioterapia - 1º período noturno.

    ResponderExcluir
  40. Núcleo:é um organelo constituído por proteínas associadas ao DNA, e os nucléolos. Responsável pelo controle e todas as funções celulares.

    Acadêmica Priscila Pereira de Souza.
    Curso: Fisioterapia

    ResponderExcluir
  41. Cloroplasto é uma organela presente nas células das plantas e outros organismos fotossintetizadores, como as algas e alguns protistas. Possui clorofila, pigmento responsável pela sua cor verde.

    Raphael Lopes Medeiros da Silva
    1ª Período de Biologia

    ResponderExcluir
  42. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  43. FAGOCITOSE - Processo pelo qual células emglobam partículas e microorganismos.
    Os macrófagos/monócitos e os neutrófilos são considerados como fagócitos profissionais.

    Acadêmica: Rayumy Fernandes
    Curso: Fisioterapia (1º período)

    ResponderExcluir
  44. Microtúbulos: São cilindros longos que são ocos
    e não-ramificados de aproximadamente 25 nm de diâmetro e acima de muitos micrômetros de comprimento.

    Aluna: Ivanízia Moreira Gomes
    Curso: Fisioterapia

    ResponderExcluir
  45. Citoesqueleto - É formado por proteínas filamentosas ou tubulares que são os filamentos intermediários, filamentos de actina e os microtubulos e pelas proteínas motoras: dineína, miosina e cinesina.

    Acadêmica: Camila Calazande dos Reis
    Curso: Fisioterapia

    ResponderExcluir
  46. Domínio lipídico - São algumas pequenas regiões da bicamada lipídica da membrana com menor fluidez(capacidade de movimentação da membrana)que o restante da bicamada que a cerca, se movendo em conjunto.

    Acadêmica: Isabelle da Rocha Silva Cordeiro
    Curso: Ciências Biológicas

    ResponderExcluir
  47. Glicocálix - É um conjunto de carboidratos situado na parte externa da membrana plasmática de células animais e de alguns protozoários.
    Proporciona resistência à membrana plasmática protegendo-a de agressões físicas e químicas do meio externo, retém nutrientes e enzimas e auxilia no reconhecimento entre células.

    Acadêmico: Felipe Carlos de Araujo Brito
    Curso: Ciências Biológicas, 1° Período.

    ResponderExcluir
  48. Sinalização Autócrina-

    É quando a célula emite um sinal
    para ela mesma ,possui molécula sinalizadora
    de vida curta.

    Joelson Alves de Araújo
    fisioterapia 1° período(noite)

    ResponderExcluir
  49. Sinalização Dependente de Contato-

    Para que exista a emissão do sinal é
    Indispensável o contato
    Entre a célula alvo e a célula
    Sinalizadora.

    Maria Cecília
    fisioterapia 1° período(noite)

    ResponderExcluir
  50. Proteína G -E uma das proteínas responsavél por transdução da
    sinalização quando ativadas por estimulos é conduzida e amplificada para
    gerar um resposta adequada assim migram e ativam enzimas ou canais iônicos realizando
    a transmissão de sinais a proteína G e mensageiros ligados a neuronios olfativos e visuais
    Tatiana Souza
    Biologia

    ResponderExcluir
  51. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  52. Fosfolipídeos: é um lipídeo do tipo anfipático, parte da molécula é hidrofílico(polar) e a outra extremidade hidrofóbica(apolar), podendo variar quanto ao radical fosfato da molécula, quanto ao comprimento e quanto ao grau de insaturação dessas cadeias.

    Jussara dos Santos
    Fisioterapia

    ResponderExcluir
  53. IMONOGLOBINAS

    Também chamadas de anticorpos, são uma classe de proteínas produzida pelo sistema imune em resposta a presença de uma molécula estranha ao organismo.

    Acadêmica: Cecília Ferreira de Mello.
    Curso: Ciências Biológicas, 1° Período

    ResponderExcluir
  54. ANTÍGENOS

    São moléculas capazes de estimular a produção de anticorpos.

    Acadêmica: Cecília Ferreira de Mello.
    Curso: Ciências Biológicas, 1° Período

    ResponderExcluir
  55. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  56. Linfócitos B: São um tipo de glóbulo branco do sangue que produz e secreta anticorpos que aderem aos organismos invasores tais como: bactéris, vírus etc.

    Acadêmica: Cecília Ferreira de Mello.
    Curso: Ciências Biológicas, 1° Período

    ResponderExcluir
  57. Ubiquitina:É uma proteína que tem o papel de marcar proteínas mal enoveladas, para que sejam degradadas por organelas chamadas proteassomas.



    Acadêmica: Paola Ellen Soares Cunha
    Curso: Ciencias Biológicas, 1° período

    ResponderExcluir
  58. Chaperonas – São proteínas que tem como objetivo evitar erros na transmissão da informação genética a não se propagar na replicação, na transcrição e na tradução. Ela auxilia o enovelamento protéico, encaminha a proteína à destruição, caso não seja possível atingir a configuração correta.

    Daniele Amorim O. da G. Leite
    Curso: Fisioterapia - 1º período

    ResponderExcluir
  59. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  60. Zigoto
    É a célula diploide resultante da união dos núcleos haploides (cariogamia) de duas células mutuamente compatíveis. É o produto da reprodução sexuada.

    Acadêmica: Taíssa Fernandes.
    Curso: Ciências Biológicas - 1º Período.

    ResponderExcluir
  61. Sinalização Endócrina:
    O conceito que os hormônios possuem alvos
    distantes onde atuam para manter a
    estabilidade do meio interno representou um
    grande avanço na compreensão da Fisiologia.
    A secreção dos hormônios ocorre em resposta
    a uma mudança no meio, afim de manter a
    homeostasia.
    Função:
    • Manutenção do meio interno (bioquímica do
    corpo - metabolismo).
    • Integração e regulação do crescimento e
    desenvolvimento
    • Controle e manutenção dos diferentes
    aspectos da reprodução.

    Acadêmica:Jéssica Nunes Leal de Almeida.
    Curso: Fisioterapia (Noite) 1º Período

    ResponderExcluir
  62. Peroxissoma
    É um organito ou organela esférica, envolvida por uma membrana vesicular,
    presente no citoplasma, sobretudo em células animais. São as organelas responsáveis pelo
    armazenamento das enzimas diretamente relacionadas com o metabolismo do peróxido de hidrogênio,
    substância altamente tóxica para a célula. No metabolismo celular encontra-se o peróxido de hidrogénio
    (H2O2) (a água oxigenada, substância potencialmente tóxica ao organismo por ser uma fonte de radicais livres).
    Nela está presente uma típica enzima chamada catalase que reparte o peróxido de hidrogénio em água (H2O) e oxigênio(O2) molecular.

    Aluno: Gabriel Cecílio
    (1° período Fisioterapia)

    ResponderExcluir
  63. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  64. Os ácidos nucléicos são as substâncias responsáveis pela transmissão da herança biológica - as moléculas que regem a atividade da matéria viva, tanto no espaço (coordenando e dirigindo a química celular por meio da síntese de proteínas) como no tempo (transmitindo os caracteres biológicos de uma geração a outra, nos processos reprodutivos)

    Acadêmico: Letícia Renovato Barbosa 1° período de Biologia da faculdade São José

    ResponderExcluir
  65. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  66. Eucariotos: As células eucariontes ou eucariotas são células que possuem um envoltório nuclear individualizando o material nuclear da célula.

    Aluna: Cláudia Cristine Favoreto (1º período de biologia)

    ResponderExcluir
  67. Compartimento Celular-
    São espaços onde ocorrem muitas funções
    celulares ,de caráter específico,sempre
    delimitados por membranas.

    Paulina
    fisioterapia -noite

    ResponderExcluir
  68. MITOSE-

    PROCESSO DE REPRODUÇÃO QUE OCORRE NOS
    OS ORGANISMOS PLURICELULARES ANIMAIS E VEGETAIS.

    ALINE DE OLIVEIRA TIAGO

    FISIOTERAPIA (NOITE)

    ResponderExcluir
  69. {{{EPITÉLIO OU TECIDO EPITELIA]]]
    - É UM TECIDO FORMADO POR CÉLULAS JUSTAPOSTAS, OU SEJA, INTERNAMENTE UNIDAS ENTRE SI. SUA PRINCIPAL FUNÇÃO É REVSTIR A SUPERFICIE EXTERNA DO CORPO, OS ÓRGÃOS E AS CAVIDADES CORPORAIS INTERNAS.
    ACADÊMICO: PAULO ROBERTO DE SOUZA ALVES
    1º PERIODO DE FISIOTERAPIA (NOITE)

    ResponderExcluir
  70. (((ÓXIDO NÍTRICO (NO)))
    - É UM ATIVANTE DAS ENZIMAS QUE PROMOVEM O RELAXAMENTO DAS CÉLULAS MUSCULARES LISAS ENVOLVENDO OS VASOS SANGUÍNEOS, PROVACANDO VASODILATAÇÃO LOCAL. O (NO) É UM GÁS, COM ISSO ATRAVESSA AS MEMBRANAS POR DIFUSÃO SIMPLES SAINDO
    DA CÉLULA NA QUAL FOI PRODUZIDA E SE ESPALHA RAPIDAMENTE PELAS CÉLULAS VIZINHAS.
    ACADÊMICA: RAQUEL DA SILVA MAIA
    1º PERÍODO DE FISIOTERAPIA (NOITE).

    ResponderExcluir
  71. Proteínas de Membrana - São proteínas que são responsáveis pelas funções da membrana, como por exemplo: o transporte, o reconhecimento


    Aluno: Pedro Severo Ramos
    (1° período Biologia)

    ResponderExcluir
  72. Dalila Barbosa Henrique Sá (Fisio)


    Glicosilação: É o processo de acrescentar monômeros de açucar a proteínas e lipídeos, Formando glicoproteínas e glicolipídeos, apesar do monômeros adicionados não seram apenas glicose, além de determinar a conformação final da proteína, protege da ação de proteases.

    Este é a correção do primeiro comentario.

    ResponderExcluir
  73. Oligossacarídeos: são açucares, formados pela união de dois a seis monossacarídeos, geralmente hexoses.

    Dayana Martins Augusto
    1º período de Biologia

    ResponderExcluir
  74. Centrossoma: É a região da célula,perto do núcleo, onde são organizados os microtúbulos. Em células animais, cada um possui um par de centríolos que são envolvidos por uma região onde os microtúbulos se ligam.

    Amanda Figueira Da Silva.
    1º Período de Biologia.

    ResponderExcluir
  75. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  76. Proteínas carreadoras: Fazem parte do transporte passivo, e é um tipo de proteína transportadora.
    Transporta moléculas e íons, o transporte ocorre de um (a) molécula ou ion de cada vez. (Transporte:Liga uma molécula na proteína, muda sua conformação sai e entra outra.)

    Acadêmica: Luise de Morais Victorio
    Ciências biológicas 1º periodo.

    ResponderExcluir
  77. Neoplasia
    É a multiplicação de celulas anormais, na qual não tem controle, logo reduzem ou perdem a capacidade de se diferenciar. A neoplasia pode ser maligna ou benigna

    Academica:Daniele Aguiar
    1º Periodo- Biologia

    ResponderExcluir
  78. Clasmocitose
    Processo em que se elimina residuos vindos da digestão intracelular realizado pelas celulas, ou seja, eliminação de excretas solidos provenientes da digestão celular para o meio externo.

    Acadêmico: Anderson Ferreira de Souza
    1º Periodo- Biologia

    ResponderExcluir
  79. Pinocitose:é um processo de endocitose em que a célula engloba uma substância em estado líquido, sem ser por difusão, mas por transporte ativo através da membrana plasmática.

    Mileide
    1º período de Biologia

    ResponderExcluir
  80. INTÉRFASE- Período celular em que a célula cumpre suas atividades vitais e reúne condições para se dividir e originar células-filhas. Fase que a célula aumenta seu volume, tamanho e números de organelas. E essa fase é dividida em três etapas sendo elas G1, S e G2.


    Thamires Loureiro de Andrade
    Fisioterapia-Noite

    ResponderExcluir
  81. MEIOSE: É um tipo de divisão celular em que divide o numero de cromossomos pela metade.
    Essa divisão são duas (meiose I e meiose II) que ocorrem sucessivamente originando quatro células haploides. Cada divisão tem suas fases.
    A meiose pode ocorrer na formação de gametas, na produção de esporos e logo após a formação do zigoto.

    Isabela Fernandes dos Santos
    1º Biologia.

    ResponderExcluir
  82. CAM (Cell Adhesion Molecules) - são moléculas que promovem a adesão entre células.
    Bruno tinoco (biologia)

    ResponderExcluir
  83. karine Ribeiro Braz (fisioterapia)

    vacúolos: Os vacúolos de suco celular são delimitados pelo tonoplasto,membrana lipoprotéica,e são exclusivos das células de plantas e de certas algas.A medida que a célula cresce eles se fundem em um único,grande e bem desemvolvido vacúolo.No interior do vacúolo há uma solução aquosa de várias substâncias,destacando-se sais,carboidratos e proteínas.

    ResponderExcluir